Você não come carne?

302047_360266440741384_1668376295_n

– Você não come carne?

– Não.

– Nem frango?

– Não. Nada que respirou um dia.

– Nem peixe?

(As pessoas levam a sério a expressão “respirar” e perguntam sobre o peixe pois o bichinho não respira – pelo menos não é esse o nome da coisa que o mantém vivo, se eu bem me lembro das aulas de biologia. Mas acho que da pra entender o que quis dizer com isso, né?!)

– Não, nenhum bichinho.

(Ai muitas vezes rola aquela cara de “Poxa, que dó de você, quer um abraço?”)

– Mas o que você come?

– Qualquer coisa, menos carne.

– E de proteína?

(A D O R O essa pergunta! Está presente 100% das vezes!)

– Brócolis, feijão, lentilha, ervilha, ovo, pepino, couve, arroz integral…. E por ai vai…

Ser vegetariano é um grande rótulo. Muitas pessoas pegam a crença que as fez parar de comer carne e ficam de pregação, tentando doutrinar a todos que estão por perto a seguir o “caminho da luz”: Coma Brócolis e encontre o reino dos céus. Me da preguiça só de pensar nos papinhos tipo “Por que ama uns animais e come outros?”. Afe.

Parei de comer carne por que eu quis. E ninguém que não esteja disposto a pagar meus boletos tem nada a ver com isso – Eu não vou te evangelizar, então respeite a minha escolha. E para os amigos: continuem me convidando para os churrascos – desde que tenha pão de alho -, eu ainda sou legal e não vou apontar para sua linguiça e falar que foi um porquinho desprovido de liberdade que foi sacrificado para acompanhar sua cerveja!

Quando falo que tudo são escolhas, percebo que muitas pessoas acham estranho, pois, conscientemente, não estão fazendo escolha alguma, já que deixam a vida me levar, vida leva eu. O vídeo A carne é fraca retrata a realidade da indústria de carne e é bastante interessante para tirar a venda que permitimos que a mídia coloque em nossos olhos.

Para os que já sabem que os bifinhos não são produzidos de forma artesanal nos açougues, mas não conseguem (ou não querem) desapegar da picanha, existe um projeto bacana que se chama Segunda sem carne, que tem a proposta de deixar de comer carne uma vez na semana. Afinal, é de grão em grão, que a galinha enche o papo (E quem sabe, numa dessas, se livra da panela!).

Recentemente o canal Porta dos fundos lançou o brilhante vídeo Garçom Vegetariano, que traz uma abordagem divertida a esse assunto polêmico. Vale a pena rir e levar tudo de forma leve.

Não permita que alguém escolha por você ou te empurre uma ideia que você não acredita. Livre-se da ignorância. Seja o senhor da sua escolha. Se escolher não comer carne, faça porque acredita. Se escolher comer, esteja pleno nessa decisão.

Por um mundo com escolhas conscientes. Por um mundo em que o único questionamento sobre o que se come não seja: “É Friboi?”.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s